Conceito de infertilidade

conceito_infertilidade

A OMS define infertilidade como a incapacidade de um casal conseguir gravidez após um ano de relações sexuais sem contracepção. Em algumas situações da prática clinica a identificação de uma situação de infertilidade é imediata e obvia sem necessidade de respeitar esse decurso de tempo, como por exemplo em face de história de oligomenorreia / ovulação crônica ou de azoospermia já conhecida. Ao falar de infertilidade indubitavelmente falamos de fecundabilidade, isto é, a probabilidade de concessão mensal que, em casais normais, se situa nos 20-25% até aos 33-35 anos de idade da mulher, sendo referido um tempo médio de espera de 5-6 meses até ocorrer a gravidez. Avalia-se que mais de 10% dos casais demorem um tempo superior a um ano a conceber.

Estima-se que a infertilidade conjugal atinja, na população mundial, cerca de 10 a 15% dos casais em idade fértil, com uma incidência crescente em função da idade dos casais. Esta percentagem tem vindo a subir nos últimos anos devido a causas tão diversas como o adiamento da maternidade, o aumento da prevalência das infeções de transmissão sexual, o sedentarismo, a obesidade, o consumo de tabaco e álcool e a poluição. Embora não existam estatísticas específica para Portugal, vários estudos referem que nos países ocidentais a infertilidade afeta um em cada sete casais em idade reprodutiva, o que corresponde a cerca de 14% da população.

Voltar